quinta-feira, 29 de maio de 2008

Senhora D. Sabe Tudo (parte II) – Clarice Lispector


Há coisas que caem na nossa vida, vindas do nada, e de repente parece que elas nos entram pela porta a dentro todos os dias.

No espaço de nem um mês ouvi falar, três vezes de Clarice Lispector.

É mais uma daquelas ignorâncias que só podia acontecer comigo!

Tem coisas bonitas. Ainda não conheço é nada, mas vou fazer por isso.

Aos poucos vou aprendendo.

Mais vale tarde que nunca


Vi-a (ou li pequenas frases dela) pela primeira vez em O Privilegio dos Caminhos de Júlia Moura Lopes neste post e gostei especialmente de algumas frases:

“ O que não sei dizer é mais importante do que o que eu digo”

“ Não pense que escrevo aqui o mais íntimo segredo pois há segredos que eu não conto nem a mim mesma.”

“ Ah, se eu pudesse te transmitir a lembrança, só agora viva, do que nós os dois já vivemos sem saber.”

“ Quando se ama não é preciso entender o que se passa lá fora, pois tudo passa a acontecer dentro de nós”

“Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir…
Ou toca, ou não toca.”


Suponho eu agora, que o que li e entendi não deve ter sido “uma questão de inteligência e sim de sentir…”, tocou e tocou forte, assim depreendo que quem escreve assim não é gago e que por isso valerá a pena conhecer mais a sua obra.

E para acabar, aqui vão as últimas:

“...estou procurando, estou procurando. Estou tentando me entender. Tentando dar a alguém o que vivi e não sei a quem, mas não quero ficar com o que vivi. Não sei o que fazer do que vivi, tenho medo dessa desorganização profunda.”

“Mas tenho medo do que é novo e tenho medo de viver o que não entendo - quero sempre ter a garantia de pelo menos estar pensando que entendo, não sei me entregar à desorientação.”

(Clarice Lispector)

6 comentários:

Júlia Moura Lopes disse...

quanto mais se conhece Clarice mais nos conhecemos e também mais gostamos,Sum..

Fiquei muito feliz porque contribui para vos apresentar. Dequalquer forma, vc iria tropeçar nela em qualquer outro lugar, mas foi no Privilégios...bom, isso!

beijinho

ps- eu posso partilhar consigo mandar-lhe algumas coisitas dela mais,mas não tenho seu mail.
o meu é
juliamoura.lopes@gmail.com

sum disse...

Olá Júlia,
Gostaria muito que partilhasse mais coisas da Clarice Lispector.

Já enviei os meus contactos.
Um beijo e obrigada.

ana v. disse...

Sum, a Clarice é uma maravilha e a Júlia uma óptima guia para conhecê-la. Por mim, sugiro os Contos, que são uma boa iniciação à escrita dela. Fantásticos.
Um beijinho

Júlia Moura Lopes disse...

vou enviar então um ficheiro zipado com alguns contos :-)

beijo-vos

sum disse...

Obrigada Ana.
Estou ansiosa por começar.
Beijinho.

sum disse...

Júlia,
Obrigada, estava mesmo agora a responder à Ana. A resposta está em cima. Já estou ansiosa.
Obrigada