sexta-feira, 18 de abril de 2008

O que foi que Aconteceu




"Aconteceu
Eu não estava à tua espera
E tu não me procuravas
Nem sabias quem eu era
Eu estava ali só porque tinha que estar
E tu chegaste porque tinhas que chegar
Olhei para ti
O mundo inteiro parou
Nesse instante a minha vida
A minha vida mudou
Tudo era para ser eterno
E tu para sempre meu
Onde foi que nos perdemos?
O que foi que aconteceu?
Tudo era para ser eterno
E tu para sempre meu
Onde foi que nos perdemos, meu amor?
O que foi que aconteceu?
Aconteceu
Chama-lhe sorte ou azar
Eu não estava à tua espera
E tu voltaste a passar
Nunca senti bater o meu coração
Como senti ao sentir a tua mão
Na tua boca o tempo voltou atrás
E se fui louca
Essa loucura
Essa loucura foi paz
Tudo era para ser eterno
E tu para sempre meu
Onde foi que nos perdemos?
O que foi que aconteceu?
Tudo era para ser eterno
E tu para sempre meu
Onde foi que nos perdemos, meu amor?
O que foi que aconteceu? "

(Cantado por Ana Moura)

Ora bem, este fado que me foi dado a conhecer pelo O Meu Cais, ficou-me na cabeça.

E quando uma coisa nos fica na cabeça é porque mexeu conosco e se mexeu conosco então é digno de ficar registado. Agradeço a quem mo deu a conhecer.

2 comentários:

av disse...

Um dos meus fados preferidos (letra e música), e além disso gosto muito da voz da Ana Moura.
Bem escolhido, Sum.
Um beijinho

sum disse...

Obrigada Ana,
De facto a letra esta feita para a música e a música casou com a letra ou vice-versa. E no fim a Ana Moura deu-lhe vida.
um beijinho