segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Eu


Em dias de pouca Lua ou de Lua nenhuma, não escrevo, não falo e não vivo.

Efeito de falta de Lua.

Este blog foi feito para pensar Eu. E Eu não existe nestes dias.

Tem graça que às vezes esqueço-me do verdadeiro sentido deste canto.

Eu, eu e eu. Aquele eu que esteve perdido durante anos e que se tenta encontrar em cada dia que passa.

Um dia a rir, outro a chorar. Um dia com força, outro a esmorecer. Escrever quando me apetece escrever, cantar quando me apetece cantar mas sempre para dizer a vida, cantarolar a tristeza, sorrir para o passado, fazer vénias ao futuro.

4 comentários:

M.Júlia disse...

Eu, gosto do seu eu. Aqui venho todos os dias, e embora não diga nada os seus desabafos tocam-me.
E não me parece mesmo nada que esteja "oca".
Uma boa noite!

sum disse...

M. Júlia,
Já tinha saudades suas. É bom vê-la por aqui.
Nem sabe como sabe bem ouvir as suas palavras amigas.
Muito obrigada
:)

ana v. disse...

Oca??
Nunca vi nada oco por aqui, Sum...
Beijinho

sum disse...

Obrigada Ana.
Sempre simpática.
Um Beijnho