quarta-feira, 13 de agosto de 2008

O pôr-do-sol perfeito


O pôr-do-sol perfeito, a cor do céu, o tamanho do sol, o horizonte, as sombras da contra luz, o contraste do céu azul de um lado com as nuvens cor de laranja de outro.









4 comentários:

JúliaML disse...

lindo!

já corri atrás do pôr do sol,sabiia? :-)
beijoooo

M.Júlia disse...

Enquanto espero pelos seus belos textos, que eu partilho quase sempre muito intimamente, deixo aqui uma pequena passagem do livro "Solidão" de Irene Lisboa.
-Parece impossível que tudo à roda de nós seja ou se mostre sempre tão passivo, que a nossa desordem seja só interior, se não comunique ao que nos cerca...O trabalho obstinado do meu pensamento é o de desarticular as causas do meu mal-estar,mas é um trabalho impotente, de pancadas cegas.
Continuação de boas férias.

sum disse...

Agora junte-lhe, cheiro a mar e a esteva.Brisa fresca na pele queimada de um dia de praia. O sol de tamanho gigante a descer muito devagarinho e a esconder-se no horizonte. Este foi mesmo bonito.
Beijinho grande.

sum disse...

Texto bonito M.Júlia.
Obrigada por partilhar.
As minhas férias estão quase a acabar. Logo, logo vou voltar ao meu dia-a-dia, bem devagarinho para não doer muito.