segunda-feira, 25 de abril de 2011

Obrigada


Para ti que desse lado atentamente me ouves
E que passo a passo estás.
Para ti que na sombra me acompanhas,
E que em silêncio me observas
Que sorris quando me espelho,
Que percebes o meu desassossego
Para ti que assistes aos meus gestos
E admiras as minhas palavras
Que nas minhas imagens
Vives a minha nostalgia
Para ti que danças cada musica que oiço
E sentes cada compasso
Que escutas cada nota
Mesmo as que não estão lá
Que sem rosto me amparas
E me abraças no tempo
Que sem passado foste
E sem futuro existes

Para ti, sonho meu
Que na minha fantasia és
E que na tua companhia
me deixas ser, Obrigada

4 comentários:

açuzena disse...

LINDO!

sum disse...

Gostaste?? Boa!!:)) Eu acho que tb gostei :))

Mafalda disse...

É lecas... tenho uma mana poetiza... :)

sum disse...

Looool, tens uma mana com mania que é maluquinha, é o que é!!

De poeta não tem nadinha, só alma!