terça-feira, 8 de setembro de 2009

...


Só dá quem ama,
Só recebe quem sabe amar.
Amar, toda a gente Ama,
Saber Amar, não é para todos.

8 comentários:

fugidia disse...

Hum... o especialista para desconversar sobre isto não sou eu...
;-)

sum disse...

Mas pode sempre conversar enquanto pode, Fugi. :))

Que quando o especialista chegar ou tiver tempo e ainda se apanhar este post, vou ser uma mulher morta (risos)...

mike disse...

Eu cá acho que para se saber amar é preciso ser-se inteligente e competente. (sorriso angelical)

p.s. - nós queremo-la vivinha, Sum. (risos)

sum disse...

Ah não Mike, isso só não chega.
Quer dizer, competente sempre (risos), faz parte do saber dar :D
Já inteligente… dispensável às vezes, não faz parte do saber dar nem do saber receber…
É tão mais fácil ser-se loira burra! (risos)

Eu antes de mim disse...

Saber dar não é para todos, saber como, quando, quanto... Na verdade, amar também esse todo desconhecimento no dar e no receber?! Digo eu, que nada tenho de especialista.

sum disse...

Dizes muito bem!
Especialistas somos todos um bocadinho!

Afinal, afinal já dizia Fernado Pessoa que:
"...Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe porque ama, nem o que é amar
Amar é a eterna inocência,
E a única inocência, não pensar..."

Lá está, Inteligência... nunca! :D

Ah, quantas teorias...
Saberei eu Amar?!

fugidia disse...

Resolvi conversar sobre isto Sum :-)

sum disse...

Obrigada Fugi, às vezes preciso mesmo de atenção e de uma chamada à terra. Conversar faz pensar e pensar faz-nos bem de vez em quando.

Fugi por momentos conseguiu confundir-me, sim “amar é dar” e “dar é amar” ou como a Fugi diz “ama quem dá”, a volta é basicamente a mesma.
E sim Amar é no seu essencial oferecer. Oferecer o que se tem, o que se sabe ou o que se quer dar. É uma oferta que se dá de coração aberto e geralmente sem pedir ou exigir. Aqui a questão é que quem ama dá, ama quem dá ou dá quem ama, mas quem está do outro lado tem de saber ou querer receber este amor. Para mim saber receber o amor que nos é dado é tão importante como dar o amor que se tem. Só desta forma a fórmula do amor é eficaz. Não cria incompatibilidades, dúvidas ou desconfianças. :) A paz é essencial ou então o amor é em vão. Nem toda a gente sabe receber o que se tem para dar de alma e braços abertos.
Ai, credo, preciso de dar mais e de falar menos (Risos)
Quem fala muito diz muitas asneiras.
Nem vou rever o texto se não já sei que o vou apagar (risos)