quinta-feira, 30 de julho de 2009

Tudo Muda


Já tinha lido isto algures por ai. E até já experimentei um dia. É bem verdade. As coisas acabam mesmo, assim de um dia para o outro, basta um minuto e tudo muda.

Ficam as histórias, as memorias, as saudades.

Tive esta mesma sensação quando a minha mãe morreu.

De repente tudo mudou. O céu continuava azul, o sol continuava a nascer todos os dias, o verde era verde, o mar cheirava tão bem, sentia calor e até cheguei a sorrir, tudo parecia igual, mas estava tudo tão diferente!

Não reconheci pessoas tal como as conheci, não reconheci situações tal como as vivi, não me reconheci tal como era. Não me senti mais a mesma pessoa. E principalmente não tinha mais quem observasse e vivesse todos os momentos importantes da minha vida tal como ela era.

Durante um tempo andei a vaguear pelas novas e estranhas ruas desta vida até ter vontade de recomeçar a aprender e a conhecer tudo de novo.



Against All Odds

"How can I just let you walk away?
just let you leave without a trace
When I stand here taking every breath with you, ooh
You're the only one who really knew me at all

How can you just walk away from me,
when all I can do is watch you leave
'Cause we've shared the laughter and the pain
and even shared the tears
You're the only one who really knew me at all

So take a look at me now, who has just an empty space
And there's nothing left here to remind me,
just the memory of your face
Well take a look at me now, who has just an empty space
And you coming back to me is against the odds
and that's what I've got to face

I wish I could just make you turn around,
turn around to see me cry
There's so much I need to say to you,
so many reasons why
You're the only one who really knew me at all

So take a look at me now, who has just an empty space
And there's nothing left here to remind me,
just the memory of your face
Now take a look at me now,
'cause there's just an empty space

But to wait for you, is all I can do
and that's what I've gotta face
Take a good look at me now, 'cause I'll still be standing here
And you coming back to me is against all odds
It's the chance I've gotta take

Take a look at me now"
(Phil Collins)


10 comentários:

Mike disse...

Sabe o que lhe digo? Ainda bem! :)
(Eu sei que não é propriamente fã de mudanças). Ah, a música é fixe e não adormeci... a Sum deve estar a perder qualidades. (muitos risos)

sum disse...

Eh lá!
Quem está a perder qualidades não sou eu...Afinal, "Desconversas" não são comigo mesmo e não as tenho sentido (risos). Bem, bem sei que com a idade se vai ficando mais "soft". (Riso abafado)
E essa coisa de não adormercer... hummm será que anda a beber mais café? ou foi um semi elogio ao melhoramento da qualidade da musica neste canto? (muitos risos)

fugidia disse...

Beijinho Sum :-)

Mike disse...

Humprffttt!!!... idade... soft... humprffttt!!!

sum disse...

:))
Obrigada Fugi, outro para si

sum disse...

Não é para levar tão a séria!
Foi só uma desconversa :) coisa pouca, que eu até nem sou dessas coisas e tais (risos)

JúliaML disse...

jokas

Madalena disse...

Há coisas que nunca mudam ;) You know what! Umgrande beijinho

sum disse...

Beijinhos Júlia :)

sum disse...

Um Beijinho MAC
:))